Menu

31 de out de 2013

Vampiros

Bom dia! 
Tudo bem? Eu estou muito alegre/feliz/cheia de ideias. Fala sério, nunca acordei com tanta vontade de postar! Isso é bom, não é? Eu estou pensando seriamente em dar uma repaginada nos meus blogs. Mas não de excluir postagens e tals... só dar um inovada simples, entendem? Acho que vou começar pelo template. Talvez eu mude ainda hoje, ok? Hahaa.

Todo mundo já sabe (eu só fiquei sabendo pelo Google -q) que hoje é 31 de outubro, o Halloween! O Halloween pode ser associado à bruxas, fantasmas, abóboras, vampiros, entre outros. Então, para dar uma variada nas postagens, resolvi hoje falar um pouco sobre isso. E, surpresa? Vou falar dos vampiros. Vamos logo à postagem porque cansei de escrever!


Quando falamos em vampiros, eu sei que muita gente pensa logo no purpurinado Edward, do Credopúsculo. Mas te dou certeza de que esta postagem não é referente à purpurina do nosso coleguinha... rsrsrs. Então, bom, como todos já devem saber, vampiros são conhecidos também como "criaturas da noite" justamente por terem um hábito noturno (avá). A quem esta figura é associada? Justamente ao morcego: 
Vocês certamente devem conhecer o mais famoso dos vampiros e, de novo, não é o Tio da Purpurina. O vampiro mais famoso é o Drácula. Claro, claro. Quem nunca ouviu falar do Drácula? Fala sério, é o mais comentado de todos! Mas, para você que não faz a menor ideia sobre quem é esse tal de Drácula, te dou uma dica: é pai dessa guria aqui -
Claro que não é verdade, masné, vamos brincas um pouco! Mas sim, ele é "pai" dessa guria no desenho Monster High. O nome dela é Draculaura, uma junção de Drácula + Laura. Bem, ela não tem quase nada a ver com o nosso papo até agora então, vamos seguindo! 

Eu peguei um livro na biblioteca da escola que fala bastante sobre os vampiros. Através dele, fiquei sabendo que esse negocio de vampiros não é uma coisa recente! De acordo com o livro, o primeiro registro escrito do termo que daria origem a palavra vampiro foi escrito em 1047. O nosso amiguinho Drácula surgiu em 1897 do escritor Bram Stoker. Veja abaixo um trecho do livro: 
... os Dráculas foram [...]  uma grande e nobre raça, embora uma vez ou outra houve descendentes que foram acusados por seus contemporâneos de terem pacto [...]
Esta é a foto do livro. Mas a onde, exatamente, nós chegamos com este falatório todo? Simplesmente em um feliz Halloween. Afinal, nunca fui boa com finais então, o final fica pra outro dia. Talvez um capítulo 2... talvez quando eu terminar de ler o livro. 

3 comentários:

  1. Hhahaha ri muito com essa do "Tio da Purpurina"! Voce não gosta de Crepusculo (eu tambem nao ligo muito mas enfim). Desculpa esse tempo todos sem passar por aqui mas minhas aulas começaram e este ano é super dificil. Meu deus, acho que voce melhorou muito, muito, muito na sua maneira de escrever os posts. Li seu post duas vezes e adorei. Voce não escreve daquela maneira que cansa os leitores sabe?
    Bom, parabens com o blog!
    E mais uma vez desculpa nao ter passado por cá!
    Beijos

    heartunicorn.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk' Sem problemas! Eu estava mesmo sentindo saudade de você comentando aqui e postando lá no HU. rsrs'
      Obrigada!! Fico feliz de ter melhorado... duas vezes? Shisuis! Sei bem como é... eu, antes, acho que era meio "chata" nos posts, entende? Obrigadaah!
      Sem problemas, flor.

      Bjus

      Excluir
  2. Happy Halloween <3

    Adoro histórias de vampiros, graças a richelle mead e seus livros perfeitos!
    Enfim, é vdd o q vc disse no post, não dá pra ouvir a palavra vampiro e não associar a crepúsculo kkkkkkk

    ResponderExcluir

Vai comentar? Oba!
Antes de comentar, quero que esteja ciente das seguintes coisas:
-Sem palavrões.
-Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita.
-"Seguindo. Segue meu blog?" claro. Mas só se você virar nosso leitor também!

Um bjo e até mais! :D